DESIGN GRÁFICA

DESIGN GRÁFICA

quinta-feira, 4 de junho de 2015

VENDENDO SEU CORPO LEGALMENTE

CURIOSIDADE

Veja 10 partes do corpo humano que é possível vender legalmente em alguns países


Em todo o planeta (exceto no Irã) a venda de órgãos humanos é ilegal. Entretanto existe algumas partes do corpo que são liberadas para venda em muitos países, principalmente os EUA. O problema do tráfico ilegal de órgãos é generalizado, embora os dados sobre a escala exata do mercado de órgãos seja difícil de obter. Existe um grande debate se deve ou não legalizar o comércio de órgãos e qual é a maneira adequada de combater o tráfico ilegal.
De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), o comércio ilegal de órgãos ocorre quando os órgãos são retirados do corpo com a finalidade de transações comerciais. A OMS justifica estas ações, afirmando que “O pagamento pelos órgãos provavelmente tira partido indevido dos grupos mais pobres e vulneráveis​​, mina a doação altruísta e leva à especulação e ao tráfico humano”. Apesar disso, estima-se que 5% de todos os órgãos envolvidos em transplantes venham de origem ilegal.
No Brasil quase todas as partes do corpo humano são proibidas de venda. Uma exceção é o cabelo. Na nossa lista, nos utilizamos os EUA como referência na venda dessas partes do corpo humano. Confira a seguir, quais as partes do corpo humano que podem ser vendidas legalmente em alguns países.
-------------------------
SANGUE
Apesar de ser ilegal pagar as pessoas para doarem sangue nos EUA, eles oferecem “recompensas” para os doadores. Vale-compras, ingressos para shows e comida grátis estão entre as formas de pagamento para os doadores de sangue.

CABELO
Pouca gente sabe mas o mercado de cabelos é bastante lucrativo em todo o mundo. Dependendo do tipo e do tamanho de cabelo, pode-se pagar até US$ 3.000 (R$9000) por essa parte do corpo humano. Os cabelos mais caros são o loiro natural e os cabelos cacheados, pois são os mais raros. Muitos estabelecimentos só aceitam cabelos que não sejam quimicamente tratados.

PLASMA
Diferente do sangue, o plasma pode ser vendido legalmente nos Estados Unidos. Essa substância é usada em muitos tratamentos de doenças genéticas. Existem doadores lá fora que chegam a ganhar 400 dólares por mês (1200 reais) com esse tipo de doação.

ESPERMA
Apesar de ser complicada e burocrática, a doação de esperma pode completar bem a renda de muitas pessoas lá nos EUA. Depois de preencher uma longa inscrição que inclui entrevista e testes genéticos, o doador pode ganhar até 125 dólares por cada doação. Muitas clínicas nos Estados Unidos estabelecem um limite mensal de doações que não ultrapassem os 1000 dólares mensais de pagamento. Assim, o doador pode ganhar 12.000 dólares por ano (36.000 reais) com doações de esperma.

FEZES
Sim, fezes. Apesar de você nunca ter pensado nisso, existem muitas clínicas que pagam pelas fezes alheias lá nos EUA. O motivo? Transplante fecal. É um tipo de tratamento médico experimental feito com o objetivo de curar infecções causadas por bactérias como a Clostridium difficile. Clínicas nos EUA geralmente pagam 40 dólares por uma amostra saudável de fezes sendo possível doar por 4 vezes na semana.

MEDULA ÓSSEA
O transplante de medula óssea é um procedimento é indicado principalmente em doenças da medula óssea e certos tipos de câncer como leucemia. Apesar de aparentemente simples, ainda é um procedimento de risco e está indicado apenas em doenças graves. Os doadores lá nos EUA podem ganhar até 3.000 por cada doação (9.000 reais). A medula só pode ser doada a cada 8 semanas. Com isso, muitas pessoas chegar a ganhar 18.000 com a venda de medula óssea nos EUA.

LEITE MATERNO
Não se assuste mas existe uma moda muito estranha acontecendo nos EUA. O leite materno geralmente se destina a bebês. O que está acontecendo nos EUA é o seguinte: muitos frequentadores de academias e bodybuilders estão comprando leite materno para ajudar no crescimento e fortalecimento dos músculos. Existem diversos sites especializados na compra desse produto. 30 ml de leite materno chega a custa 2,50 dólares (7,50 reais). Muitas mães que vendem leite materno chegam a faturar mais de 23.000 anuais com a venda.

ÓVULOS
Nos Estados Unidos, ASRM (Sociedade Americana de Medicina Reprodutiva) emitiu orientações para a doação de óvulos além do FDA. Por ser um procedimento mais complexo, o valor paga para as mulheres e maior do que o valor do esperma. Clínicas pagam cerca de 8.000 dólares (24 mil reais) por cada doação sendo que cada doação só pode ser feita depois de 3 meses.

ÚTERO
Conhecido como “barriga de aluguel”, o “aluguel” do útero é uma técnica de reprodução usada quando há uma impossibilidade absoluta da mulher engravidar e por casais do mesmo sexo. A barriga de aluguel pode ser feita através de fertilização in vitro ou inseminação artificial, dentre outras técnicas. A mãe de aluguel chega a ganhar de 30.000 dólares até 50.000 dólares (90 mil à 150 mil reais) para realizar a gestação.

 TESTES CLÍNICOS
Tem gente que não quer se desfazer de nenhuma parte de seu corpo mas está disposto a colaborar com pesquisas científicas. Indústrias farmacêuticas de todo o planeta (inclusive no Brasil) e diversas clínicas especializadas, ora ou outra, precisam de cobaias humanas para teste de novos remédios e tratamentos. Nós EUA, muitas clínicas pagam de 1500 à 5000 por 7 dias de testes em humanos. Anualmente o valor pode chegar à 50 mil dólares (150 mil reais).

Nenhum comentário:

Postar um comentário