DESIGN GRÁFICA

DESIGN GRÁFICA

sábado, 22 de abril de 2017

AMD Naples tem até 32 núcleos e vem para competir com os Intel Xeon


Tecnologia

Por 
08/03/2017 às 16h15


Já conhece a nova extensão do TecnoblogBaixe Agora
Os primeiros chips Ryzen chegaram no início do mês fazendo bastante barulho, mas não é só com eles que a AMD espera fazer frente à Intel: a companhia está preparando a linha AMD Naples (nome provisório) para disputar espaço em servidores. Estamos falando de processadores com até 32 núcleos.
AMD Naples
É claro que os números altos não terminam aí. Além dos 32 núcleos, a linha AMD Naples terá 64 threads, suporte a 2 TB de RAM, oito canais de memória e 128 camadas de PCIe 3.0 por chip. Será possível usar os processadores em um esquema de soquete duplo, o que significa que o servidor poderá contar com o dobro desses recursos. Assim como a família Ryzen, os chips Naples terão como base a arquitetura Zen.
A AMD ainda não revelou resultados detalhados de testes, mas já fala que os chips Naples terão mais desempenho que os equivalentes da Intel. Até o momento, a empresa fez apenas uma comparação com o Xeon E5-2699A V4, também com soquete duplo: o chip da Intel precisou de 35 segundos para executar determinada carga de trabalho; o Naples, de 14 segundos.
Os primeiros processadores Naples deverão chegar ao mercado no segundo trimestre. Com a proximidade dos lançamentos é que conheceremos modelos, preços, nomes oficiais e, certamente, outros testes comparativos.
Naples versus Xeon
Naples versus Xeon
Como a intenção da AMD é disputar espaço com toda a linha Xeon, também podemos esperar por processadores com menos núcleos e, consequentemente, preços mais acessíveis. A própria companhia ressalta que não são todas as aplicações que se beneficiam de tanto poder de processamento.
Mas a AMD não terá um caminho fácil. A companhia passou os últimos anos com relevância quase nula no segmento de servidores. Em contrapartida, a Intel conquistou pelo menos 90% desse mercado. A confiabilidade obtida pela rival por conta disso pode ser um grande entrave para a linha Naples, mesmo que os processadores Xeon se mostrem mais caros e com menos desempenho.
Com informações: ExtremeTechPCWorld

Nenhum comentário:

Postar um comentário