sexta-feira, novembro 08, 2013

Encontro de Armando com Lula reforça tese de que PT e PTB estarão juntos em Pernambuco em 2014

POLÍTICA
Ricardo Stuckert/Instituto Lula

Para quem gosta de sinais, aqui está mais um. O encontro do senador Armando Monteiro com o ex-presidente Lula, nesta quinta-feira em São Paulo, reforça a tese de que o PT apoiará a candidatura do petebista ao governo do estado em 2014.

A reunião se estendeu por mais de duas horas Instituto Lula.

Segundo informações da assessoria de Armando, o senador disse que a conversa foi muito produtiva e girou em torno da conjuntura política do País, das questões do Congresso Nacional e, evidentemente, do cenário político no Nordeste e em Pernambuco.

E é esse cenário que deve interessar a Lula. Afinal, com os intermináveis desentendimentos internos do PT, o partido deve chegar enfraquecido em 2014.

A possibilidade de ter candidato próprio ao governo de Pernambuco é cogitada, mas não empolga.

Portanto, certamente já de olho nas dificuldades de montar um palanque genuinamente petista por aqui, Lula vai construindo o palanque para enfrentar o candidato a ser lançado pelo governador Eduardo Campos (PSB).

Voltando a Armando. O senador destaca, sobretudo, a disposição e a animação de Lula para participar do processo eleitoral do partido (marcado para este domingo):

“O presidente Lula mostrou estar muito atento ao quadro de Pernambuco, muito bem informado sobre o quadro, e manifesta uma posição clara de que estará participando ativamente do processo eleitoral, que vai estar firmemente engajado na eleição nacional e na eleição em Pernambuco”, afirmou.

A passagem de Armando por São Paulo também foi marcada por outro compromisso de peso.

Antes do encontro com Lula, o senador participou de um almoço com o presidente do Banco Itaú, Roberto Setúbal, onde falou sobre conjuntura econômica, perspectivas do País e a visão da agenda legislativa. O convite para o almoço com o senador pernambucano partiu de Roberto Setúbal.