DESIGN GRÁFICA

DESIGN GRÁFICA

sábado, 19 de julho de 2014

Resgate da Dignidade

Bolsa Família

"A elite diz o seguinte: Depois desse Bolsa Família, as pessoas não aceitam mais pegar na enxada por qualquer trocado". Eu chamo isso de dignidade!"

Eduardo Aleixo - Palmares/Pernambuco - Depoimento enviado em 13/06/2014

Meu nome é Eduardo Aleixo, tenho 27 anos, moro em Palmares/PE. Quando era adolescente, na minha rua, TODOS os dias passavam famílias nas portas e gritavam: ” Me dá uma esmolinha!”. Já conhecíamos os pedintes, bem como os horários que eles apareciam. Tínhamos, inclusive, umas cumbucas para pôr comidas para eles.
Por volta de 2005, começamos a ver que o número de pedintes havia diminuído. Recentemente, estava conversando com minha mãe e constatamos que há mais de 3 ANOS não passa UM PEDINTE se quer na minha rua… Comecei a perguntar a outros colegas, que também atestaram esse fato. HOJE, ouvir “me dá uma esmolinha” é algo RARÍSSIMO. Percebi que, REALMENTE, Lula e Dilma tiraram milhares, NA MINHA CIDADE, da extrema pobreza.
O impressionante é que a elite da minha cidade diz o seguinte: “DEPOIS DESSE BOLSA FAMÍLIA AS PESSOAS NÃO ACEITAM MAIS PEGAR NUMA ENXADA POR QUALQUER TROCADO, AGORA TEM QUE SER DO JEITO DELES”. Bem, eu chamo isso de DIGNIDADE!
Além disso, até 2003 não existia perspectiva de um aluno da escola pública chegar em uma universidade federal. HOJE, a FACULDADE FEDERAL foi interiorizada. Até CARUARU ganhou o curso de MEDICINA, o que deixou as portas do ensino superior bem mais perto da população mais carente!
Enfim, estamos VIVENDO um NOVO PAÍS! Ele ainda é “NOVO”, precisa crescer muito mais. E eu creio que somente quem começou esse processo, poderá consolidá-lo. Sem mais. Eduardo Aleixo, um brasileiro que dá esse depoimento emocionado ao lembrar que um dos ANTIGOS pedintes da rua, há pouco tempo, viajou de avião !

Nenhum comentário:

Postar um comentário