terça-feira, agosto 27, 2013

Governo do Estado entrega mais 219 casas em Barreiros e Água Preta na Mata Sul

MORADIA

26/08/2013 19:42 - PortalPE10


O Governo de Pernambuco entrega nesta terça-feira (27/08) mais 219 casas nas cidades de Barreiros e Água Preta, na Mata Sul do Estado. As moradias foram construídas por meio do Programa Minha Casa, Minha Vida (PMCMV) e serão entregues gratuitamente à população. Em Barreiros, a solenidade de entrega de 69 unidades acontece às 8h no Ginásio da Escola Municipal José Canuto; em Água Preta, o evento para entrega de 150 habitações será às 13h, no Ginásio Municipal de Esportes. As duas cerimônias contarão com a presença do Diretor Jurídico da Companhia Estadual de Habitação e Obras (Cehab), Paulo Lócio, e do Coordenador de Defesa Civil do Estado Codecipe), Ten-Cel Cássio Sinomar, representando a Secretaria da Casa Militar.

As casas possuem dois quartos, sala, cozinha, banheiro e área de serviço externa em 40 m² de área e estão instaladas em empreendimentos com ruas pavimentadas e infraestrutura básica em andamento, além de equipamentos de lazer. Em Barreiros, as casas estão instaladas no empreendimento Fazenda São Francisco, que já tem outras 881 casas habitadas. Já as 150 casas de Água Preta compõem o Barra D’Ouro 2, conhecido como Nova Água Preta, pois vai contar com diversos equipamentos públicos como, creche, escola, hospital e posto de saúde.

Os empreendimentos foram construídos com recursos do Governo do Estado e do Governo Federal. Em Água Preta, as obras custaram R$ 66 milhões, sendo R$ 23 milhões de terraplenagem, acesso, água e esgoto (Governo Estadual) e R$ 43 milhões para contratação das unidades (Governo Federal).

Em Barreiros, o investimento total foi de R$ 67.6 milhões, sendo R$ 38.9 do Governo Federal e R$ 28.7 do Governo Estadual. Os recursos vêm do Programa Operação Mata Sul, que até 2014 entregará mais de 15 mil moradias às vítimas que perderam suas residências nas enchentes de 2010, em 19 cidades. No Governo do Estado, a construção dos habitacionais sã de responsabilidade da Cehab em parceria com a Caixa Econômica. Já o cadastramento das famílias afetadas e as obras de infraestrutura são de responsabilidade da Secretaria da Casa Militar.